Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

As madames racistas da Primeira Onda ou A Teoria do Anacronismo

Imagem
Madames racistas

As mulheres da Segunda Internacional que supostamente criaram as bases para o feminismo socialista, na verdade, e pelas suas próprias palavras, eram antifeministas. Ou seja, negavam que existisse uma “questão da mulher” comum a todas as mulheres e, consequentemente, que houvesse necessidade de um movimento específico para resolver essa questão.

Na Resolução sobre o Trabalho entre As Mulheres, do 3° Congresso da Internacional Comunista, que é a base para todas as correntes que reivindicam o leninismo, e que foi escrita pela Alexandra Kollontai e pela Clara Zetkin, está escrito claramente:

O Terceiro Congresso da Internacional Comunista afirma a posição fundamental do marxismo revolucionário de que não existe nem "questão específica das mulheres" nem deve haver um "movimento específico das mulheres".
A prática das mulheres da Segunda Internacional não era tentar empurrar as organizações de mulheres existentes na época para posições revolucionárias, e…