Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Pequena História da Pintura Abstrata (5) - América Latina, pós-guerra

Imagem
América Latina
Na parte anterior da série, eu tinha prometido falar sobre a expansão do abstracionismo na América Latina, e imaginava que depois disso eu ia falar sobre o início processo de decomposição do gênero. Na verdade, como a pintura abstrata na América hispânica é relativamente tardia (e no Brasil mais ainda), os dois processos são, em grande parte, inseparáveis. Então, vou falar sobre América Latina e, ao mesmo tempo, falar do contexto histórico da virada para a Segunda Guerra Mundial. A minha maior referência sobre a pintura abstrata no nosso continente eu encontrei aqui.
Numa região principalmente rural, ainda com poucas grandes cidades, a arte moderna chegou, no começo nos países mais industrializados (Argentina, Uruguai, Brasil e Venezuela), com um atraso considerável em relação às metrópoles europeias. Um exemplo marcante é a Semana da Arte Moderna aqui no Brasil, em 1922 – ano do auge da literatura modernista (Ulisses, do James Joyce, e A Terra Devastada, do T.S. Eliot), …