Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

Briga de Galo Teórica: Alguém por aí nega a decadência da Literatura, das Artes Plásticas e da Música Erudita?

Gente, como todos sabem existe uma longa linhagem de teorias marxistas da decadência do capitalismo. Eu mais ou menos já vi de tudo um pouco nessa história, mas não é sobre isso o que quero falar.

O problema é o seguinte: pode existir muita polêmica sobre se existe e como se manifesta essa decadência. Mas eu não acredito que alguma pessoa que não seja louca tenha como negar que as artes estão em processo acelerado de decadência ou até mesmo de decomposição há várias décadas.

Não me parece que alguém em sã consciência possa dizer que a literatura depois da Segunda Guerra possa se comparar com a da primeira parte do século XX (Joyce, Kafka, Fernando Pessoa, Eliot, Rilke, Pound etc), nem que as artes plásticas depois do período de decomposição (em forma de "análise combinatória" da desconstrução de seus elementos básicos) da década de 1960 possa ter a menor comparação com Picasso, Calder, Kandisnky, Mondriaan etc)  - sendo que, pra mim, o atestado de óbito é o não-objeto da Ly…

Para Além do Princípio do Prazer

Como eu tenho que devolver o livro, vou anotar aqui algumas impressões sobre ele.

Primeiro, mostra o que afasta a psicanálise de ser uma ciência, ao mesmo tempo em que a aproxima. Qualquer tese tipo a do Popper, que acha que a psicanálise é somente uma metafísica, não resiste ao relato do Freud sobre as mudanças na metapsicologia, sempre causadas pela experiência clínica.

Por outro lado, o que fica claro é que essas mudanças não têm como ser verificadas independentemente por uma comunidade que possa rejeitar o paradigma, e dependem da tradição (que na época passava pela pessoa do Freud, que era tipo o "guru" do movimento, decidindo o que valia ou não).

Nesse ponto, a situação é bem semelhante à do marxismo (se bem que as teses do marxismo têm a história como seu campo de aplicação, então me parecem mais facilmente universalizáveis que a psicanálise), em que cada nova descoberta causa cisões dentro das igrejinhas que acham que monopolizam a teoria.

O que é mais chocante é q…