Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2017

Julius Martov e a crítica menchevique internacionalista ao poder soviético

No centenário da revolução russa, existe toda uma pressão da mídia burguesa para transformar a data em uma marco do fracasso do socialismo. Por outro lado, nas comemorações que estão sendo feitas na esquerda, a versão absolutamente dominante é a celebração quase acrítica da política bolchevique.
Entre as várias correntes que disputaram o processo da revolução russa, uma das menos conhecidas é a dos mencheviques internacionalistas. Confundidos com os mencheviques defensistas que apoiaram a “sua” burguesia na Primeira Guerra, muitas de suas críticas entretanto foram prescientes sobre a burocratização nascente e os ritmos da transição para o socialismo. Aqui, será feito uma pequena apresentação dessa corrente, e a tradução de trechos de obras mencheviques, sobre as principais divergências com os bolcheviques.

O menchevismo
No Congresso de 1903 do Partido Operário Socialdemocrata Russo (POSDR), existe uma divisão na discussão sobre os estatutos. Os majoritários (“bolcheviques”, em russo) de…