100 livros de ficção


Eu fiz uma lista de 100 livros pra ter um panorama da ficção mundial e de todos os tempos. Me baseei em umas listas que vi, mas alterei com umas coisas que eu tenho curiosidade de ler. Quem quiser ver, tá aqui:

Satyricon, Petrônio
As Mil e Uma Noites
Demanda do Santo Gral
O Romance da Rosa, Jean de Meun
Decameron, Bocaccio
Contos da Cantuária. Geoffrey Chaucer
Pantagruel, Rabelais
Lazarillo de Tormes
Dom Quixote, Cervantes
Robinson Crusoé, Daniel Defoe
As Viagens de Gulliver, Jonathan Swift
As ligações perigosas, Choderlos de Laclos
Tristam Shandy, Laurence Sterne
O Sofrimentos do Jovem Werther, Goethe
120 Dias de Sodoma, Marquês de Sade
Orgulho e Preconceito, Jane Austen
Frankenstein, Mary Shelley
Ivanhoé, Walter Scott
Os Noivos, Alessandro Manzoni
O Capote, Nicolau Gogol
Grandes Esperanças, Charles Dickens
O Vermelho e o Negro, Stendhal
O Pai Goriot, Balzac
Os Três Mosqueteiros, Alexandre Dumas
Histórias Extraordinárias, Edgar Allan Poe
Moby Dick, Herman Melville
Madame Bovary, Gustave Flaubert
O Morro dos Ventos Uivantes, Emily Brontë
Jane Eyre, Charlette Brontë
Mulherzinhas, Louisa May Alcott
Os Miseráveis, Victor Hugo
Guerra e Paz, Tolstói
Recordações da Casa dos Mortos, Dostoiévski
20.000 Léguas Submarinas, Jules Verne
Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll
Crime e Castigo, Dostoievski
Middlemarch, George Elliot
Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis
Os Irmão Karamázov, Dostoievski
As Aventuras de Huckleberry Finn, Mark Twain
O Médico e o Monstro, Robert Louis Stevenson
A Névoa, Miguel de Unamuno
Dom Casmurro, Machado de Assis
50 Contos, Machado de Assis
Lord Jim, Joseph Conrad
Coração das Trevas, Joseph Conrad
Dublinenses, James Joyce
Felicidade e outros contos, Katherine Mansfield
O Processo, Franz Kafka
A Metamorfose, Franz Kafka
Retrato do Artista Quando Jovem, James Joyce
Ulisses, James Joyce
Em Busca do Tempo Perdido, Proust
A Consciência de Zeno, Italo Zvevo
Mrs. Dalloway, Virginia Woolf
O Grande Gatsby, Scott Fitzgerald
Contos da Era do Jazz, Scott Fitzgerald
Rumo ao Farol, Virgínia Woolf
O Lobo da Estepe, Herman Hesse
A Montanha Mágica, Thomas Mann
Macunaíma, Mário de Andrade
Enquanto Agonizo, William Faulkner
Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley
Angústia, Graciliano Ramos
A Náusea, Jean-Paul Sartre
A Invenção de Morel, Bioy Casares
Por Quem os Sinos Dobram, Ernest Hemingway
Ficções, Jorge Luís Borges
O Aleph, Jorge Luis Borges
Confissões de Uma Máscara, Yukio Mishima
O Estrangeiro, Albert Camus
A Peste, Albert Camus
1984, George Orwell
Diário de um Ladrão, Jean Genet
O Cristo Recrucificado, Nikos Kazantzakis
A Casa das Belas Adormecidas, Yasunari Kawabata
Grande Sertão: Veredas, Guimarães Rosa
On The Road, Jack Kerouac
O Leopardo, Tomaso di Lampedusa
Novelas nada Exemplares, Dalton Trevisan
O Tambor, Gunther Grass
Laranja Mecânica, Anthony Burguess
O Jogo da Amarelinha, Julio Cortázar
Todos os Fogos o Fogo, Julio Cortázar
Morte em Pleno Verão, Yukio Mishima
O Jardim do Passado, Nagib Mahfuz
O Reino deste Mundo, Alejo Carpentier
Cem Anos de Solidão, García Márquez
A Mão Esquerda da Escuridão, Ursula K. Le Guin
O Livro do Riso e do Esquecimento, Milan Kundera
A Cor Púrpura, Alice Walker
Memorial do Convento, José Saramago
Versos Satânicos, Salman Rushdie
A Montanha da Alma, Gao Xingjian
Texaco, Patrick Chamoiseau
Amada, Toni Morrison
Uma questão pessoal, Kenzaburo Oe
As filhas sem nome, Xinran
Meio Sol Amarelo, Chimamanda Adichie
Antes de nascer o mundo, Mia Couto

Comentários

Mario Antonio disse…
Muito boa lista! Mas, todas as listas são sempre muito pessoais, dizem mais sobre os leitores que os autores. Eu por exemplo, não faria uma lista de dez sem incluir Shakespeare, Lima Barreto, Fernando Pessoa. Algumas obras que listou eu não li, mas, pude ler outras do mesmo autor. Por exemplo: do Goethe eu li o Werther e Fausto. Do Hesse eu não li O lobo da estepe, mas, li Sidarta e Demian. Do Kafka eu li as duas e mais Carta ao pai. Do Garcia Marques eu li Relato de um naufrago. Do Verne eu li Viagem ao centro da terra e do Hugo Os trabalhadores do mar e o Último dia de um condenado. Tolstói eu li O diabo branco. Fiztgerald eu encarei o Suave é a noite e do Hemingway O velho e o mar. Do Orwell foi a Revolução dos Bichos e do Huxley li também Eminência parda. Por fim, incluiria Virginia Woolf, João do Rio, Clarice Lispector, Jack London, Sófocles, Tchekov, Górki, Voltaire. Enfim, essa seria a minha, por ora, depois eu lembro mais, leio mais...rs
rodrigodoo disse…
Essa lista ficou boazona também!

Postagens mais visitadas deste blog

A teoria marginalista do valor e a economia política neoclássica (Ernest Mandel)

"Problemas de Gênero", da Judith Butler

Apropriação cultural e racismo culturalista